7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância!

Por | Administrativo, Gestão, Secretariado

Todos nós sabemos que sem qualidade não há como competir no mercado de hoje, certo? Dessa forma, a qualidade é um dos fatores críticos quando se trata da satisfação do cliente. Cada vez mais as empresas buscam qualidade total para garantir que o seu produto e / ou serviço esteja no topo. Mas como garantir a qualidade? Esta é uma questão bem importante para todos os tipos de negócios, desde uma multinacional até uma pequena empresa. E a resposta não é tão complicada, já que pode ser encontrada nas 7 ferramentas da qualidade.

Veja também os tipos de liderança!

Assim, as 7 ferramentas de qualidade podem ajudar a tornar seu negócio melhor, estabelecendo uma melhoria contínua, potencializando os resultados e até reduzindo os desperdícios que podem estar ocorrendo em seus processos.

Além disso, vale lembrar que os clientes estão cada vez mais exigentes, o mercado está em um nível cada vez maior e, para não ficar para trás, vamos mostrar neste artigo todas as ferramentas que transformaram a vida de inúmeras empresas. Confira:

O que é qualidade?

7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! - Foto: RN MAS
7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! – Foto: RN MAS

Não podemos falar de ferramentas de qualidade sem antes definir o conceito de qualidade. Portanto, para facilitar, vamos ver a seguinte imagem:

7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! - Foto: TL MAS
7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! – Foto: TL MAS

Qual carro tem a melhor qualidade? A resposta certa depende de você! Mas por qual motivo? Com certeza você deve pensar que sou louco, afinal, é uma Ferrari contra um Fusca.

No entanto, é justamente aí que entra um ponto bem crucial: a qualidade depende da finalidade, ou seja, se você deseja um veículo para uso fora de estrada, certamente a qualidade do Fusca será melhor para você. Por outro lado, se pretende um veículo para utilizar na cidade, a Ferrari é com certeza a sua escolha!

Ou seja, qualidade é o grau em que o produto específico está em conformidade com o design ou as especificações. Essa é a definição de Gilmore, um dos gurus da qualidade, que para nós é certamente um dos melhores.

Mas o que são as 7 ferramentas de qualidade e qual a sua importância? 

7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! - Foto: PP MAS
7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! – Foto: PP MAS

As 7 Ferramentas da Qualidade é um conjunto de metodologias e técnicas reunido por Kaoru Ishikawa e difundido amplamente como forma de melhorar o fluxo de processo dentro das empresas.

Cada uma das ferramentas tem as suas aplicações específicas, mas, no geral, servem para definir, mensurar e analisar problemas que interferem no desempenho e no resultado das organizações, ajudando a propor e implementar soluções mais assertivas para a melhoria dos processos.

Fazendo uma analogia, assim como o médico tem suas ferramentas cirúrgicas, os gestores contam com as ferramentas de qualidade para desempenhar suas atividades.

Quais são as ferramentas de qualidade?

7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! - Foto: PP MAS
7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! – Foto: PP MAS

Se eu fosse listar todas elas neste texto, você certamente ficaria cansado e não terminaria de ler. Dessa forma, são inúmeras as ferramentas da qualidade que podem ser aplicadas para melhorar processos e serviços a fim de fazer uma boa gestão da qualidade.

No entanto, ao longo dos anos, algumas delas se destacaram pela alta eficiência e resultados. São elas:

  • Fluxograma;
  • Cartas de controle;
  • Diagrama de Ishikawa;
  • Folha de Verificação;
  • Histograma;
  • Diagrama de Dispersão;
  • Diagrama de Pareto.

Agora chegou a hora de falar mais de cada uma individualmente…

As 7 ferramentas de qualidade

7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! - Foto: MM MAS
7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! – Foto: MM MAS

Fluxograma

7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! - Foto: VT MAS
7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! – Foto: VT MAS

Os fluxogramas são as ferramentas mais populares das “7 ferramentas de qualidade”. Assim, esta ferramenta é bem útil para visualizar a sequência de etapas em um processo, evento, “workflow”, sistema e, etc. Além de mostrar o processo como um todo, um fluxograma também destaca a relação entre as etapas e os limites do processo (início e término). 

Além disso, vale lembrar que os fluxogramas usam um conjunto padrão de símbolos e é importante padronizar o uso desses símbolos para que qualquer pessoa possa entendê-los e usá-los de forma fácil. Por fim, veja abaixo os principais usos de um fluxograma:

Usos:

  • Construir um entendimento comum de um processo;
  • Analisar os processos e descobrir as áreas de problemas, ineficiências, bloqueadores e etc;
  • Padronizar processos, levando todos a seguirem os mesmos passos.

Histograma

7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! - Foto: VT MAS
7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! – Foto: VT MAS

Um histograma é um tipo de gráfico de barras que visualiza a distribuição de dados numéricos. Dessa forma, ele agrupa os números em intervalos e a altura da barra indica quantos estão em cada intervalo. 

Por fim, vale lembrar que é uma ferramenta bem poderosa de planejamento e controle de qualidade que ajuda você a entender as ações preventivas e corretivas. Confira abaixo os seus possíveis usos:

Usos:

  • Interpretar de forma fácil uma grande quantidade de dados e identificar padrões;
  • Fazer previsões de desempenho do processo;
  • Identificar as diferentes causas de um problema de qualidade.

Diagrama de causa e efeito

7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! – Foto: VT MAS

Esta ferramenta foi desenvolvida pelo próprio Kaoru Ishikawa e também é conhecida como diagrama de espinha de peixe (pois tem a forma do esqueleto de um peixe) e diagrama de Ishikawa.

Dessa forma, eles são bem úteis ​​para identificar os vários fatores (causas) que levam a um problema (efeito). Em última análise, ajuda a descobrir a causa raiz do problema, permitindo que você encontre a solução correta de forma eficaz. Por fim, confira abaixo os seus possíveis usos:

Usos:

  • Solução de problemas ao encontrar as causas raízes de um problema;
  • Descobrindo as relações entre as diferentes causas que levam a um problema;
  • Durante as sessões de brainstorming em grupo para reunir diferentes perspectivas sobre o assunto.

Diagrama de Dispersão

7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! – Foto: VT MAS

O diagrama de dispersão (gráficos de dispersão) é um gráfico que ajuda a identificar como duas variáveis ​​estão relacionadas. Assim, o diagrama de dispersão mostra os valores das duas variáveis ​​traçadas ao longo dos dois eixos do gráfico. Por fim, o padrão dos pontos resultantes revelará a correlação. Confira abaixo os seus possíveis usos:

Usos:

  • Validar a relação entre causas e efeitos;
  • Entender as causas do mau desempenho;
  • Entender a influência da variável independente sobre a variável dependente;

Folhas de Verificação

7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! – Foto: VT MAS

As planilhas de verificação fornecem uma maneira bem sistemática de coletar, registrar e apresentar dados quantitativos e qualitativos sobre problemas de qualidade. Assim, uma folha de verificação usada para coletar dados quantitativos é conhecida como folha de contagem. 

Além disso, vale lembrar que é uma das ferramentas de controle de qualidade mais populares e torna a coleta de dados muito mais simples. Por fim, confira os seus principais usos:

Usos

  • Para verificar a forma da distribuição de probabilidade de um processo;
  • Quantificar defeitos por tipo, localização ou causa;
  • Para acompanhar a conclusão das etapas em um procedimento de várias etapas (como uma lista de verificação).

Cartas de controle 

7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! – Foto: VT MAS

O gráfico de controle é um tipo de gráfico de execução usado para observar e estudar a variação do processo resultante de uma causa comum ou especial durante um período de tempo.

Assim, o gráfico ajuda a medir as variações e visualizá-las para mostrar se a mudança está dentro de um limite aceitável ou não. Ajuda a rastrear métricas como defeitos, custo por unidade, tempo de produção, estoque disponível e etc. 

Além disso, vale lembrar que o gráficos de controle são geralmente úteis ​​em manufatura, metodologias de melhoria de processo e algoritmos de negociação de ações. Por fim, confira abaixo alguns dos seus principais usos:

Usos

  • Determinar se um processo é estável;
  • Monitorar processos e aprender como melhorar o desempenho ruim;
  • Reconhecer mudanças anormais em um processo.

Diagrama de pareto

7 ferramentas da qualidade: veja o que são e qual a sua importância! – Foto: VT MAS

O gráfico de Pareto é uma combinação de um gráfico de barras e um gráfico de linha. Assim, ele ajuda a identificar os fatos necessários para definir prioridades. 

O gráfico de Pareto organiza e apresenta as informações de uma maneira que torna mais fácil entender a importância relativa de vários problemas ou causas dos problemas. Ele vem na forma de um gráfico de barras verticais e exibe os defeitos em ordem (do mais alto para o mais baixo), enquanto o gráfico de linha mostra a porcentagem cumulativa do defeito. Por fim, confira abaixo os seus principais usos:

Usos:

  • Identificar a importância relativa das causas de um problema;
  • Ajudar as equipes a identificar as causas que terão o maior impacto quando resolvidas;
  • Calcular facilmente o impacto de um defeito na produção.

FAQ

O que são as 7 ferramentas de qualidade e qual a sua importância?

As 7 Ferramentas da Qualidade é um conjunto de metodologias e técnicas reunido por Kaoru Ishikawa e difundido amplamente como forma de melhorar o fluxo de processo dentro das empresas.

Cada uma das ferramentas tem as suas aplicações específicas, mas, no geral, servem para definir, mensurar e analisar problemas que interferem no desempenho e no resultado das organizações, ajudando a propor e implementar soluções mais assertivas para a melhoria dos processos.

Quais são as 7 ferramentas de qualidade?

Existem várias ferramentas. No entanto, as principais são:

  • Fluxograma;
  • Cartas de controle;
  • Diagrama de Ishikawa;
  • Folha de Verificação;
  • Histograma;
  • Diagrama de Dispersão;
  • Diagrama de Pareto.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *