Como fazer um fichamento? Veja como fazer, tipos e exemplos!

Por | Geral, How to, Secretariado

Se você está cursando uma faculdade, ou já cursou (independente se for uma graduação, mestrado ou doutorado), é bem provável que você já tenha ouvido falar sobre fichamentos. Para alguns alunos pode ser um “terror”, mas para outros uma ótima forma de organizar e concentrar as principais ideias de cada livro ou texto. Portanto, nesse artigo, vamos mostrar como fazer um fichamento.

Veja também o que são habilidades!

Pense na seguinte cena. Você precisa escrever um trabalho e retomar as ideias de todos os livros e artigos que leu durante a faculdade. Todos. A lista de livros é imensa. Então, como você pode fazer para lembrar as ideias de cada um? Esse é o objetivo do fichamento: organizar e concentrar as principais ideias da obra.

Mas antes de ensinar a fazer esse fichamento, é necessário esclarecer algumas coisas sobre o fichamento. Primeiramente, é bom lembrar que fichamento não é um resumo. Dessa forma, o resumo é a sintetização de todo objeto. Por outro lado, o fichamento é feito em tópicos em fichas, apenas das partes mais importantes da obra.

De modo geral, quando o fichamento é para o uso pessoal, a formatação e modelo acabam sendo mais livres. No entanto, se ele for uma forma de avaliação no curso é necessário que você siga algumas “regras” como limite de páginas, formatação e até o modo de impressão. Portanto, continue lendo o artigo para entender tudo o que você precisa saber sobre fichamentos.

Para o que serve um fichamento?

Como fazer um fichamento? Veja como fazer, tipos e exemplos! - Foto: PG MAS
Como fazer um fichamento? Veja como fazer, tipos e exemplos! – Foto: PG MAS

Como já foi dito mais acima, o fichamento pode ser cobrado como uma forma de avaliação de alguma disciplina durante a faculdade. Inclusive, é por esse motivo que muitos alunos sentem “terror” só de pensar em um fichamento.

No entanto, a verdade é que o fichamento pode ser bem mais útil do que uma simples avaliação. Assim, a maior utilidade desse modelo de trabalho é na etapa de construção do referencial teórico do TCC, da dissertação ou até da tese. Dessa forma, ao utilizá-los, é possível organizar as suas ideias e ter p controle sobre todo o conteúdo que você já acessou sobre o tema. Portanto, como o próprio nome dele já diz, ele significa “organizar em fichas”.

Então, ele até pode parecer um pouco complicado e trabalhoso no início, mas, depois de um tempo, você perceberá que ele é bem simples. Além disso, ele te ajudará a economizar o tempo e também no processo de desenvolvimento do trabalho. Afinal, de qualquer modo, você terá que realizar uma revisão da literatura sobre o tema que você escolheu e a utilização de fichamentos te dará uma maior segurança e organização.

Como fazer um fichamento?

Como fazer um fichamento? Veja como fazer, tipos e exemplos! - Foto: UR MAS
Como fazer um fichamento? Veja como fazer, tipos e exemplos! – Foto: UR MAS

Como você já deve ter percebido, o objetivo de um fichamento será um livro, um capítulo de um livro ou até um artigo. No entanto, isso vai depender da sua necessidade e intenção. Por exemplo, um professor pode solicitar um fichamento de 3 capítulos específicos de um determinado livro. Apesar de não parecer, esse tipo de trabalho é bem flexível. Dessa forma, existem diversas técnicas de como fazer um fichamento.

Na regra geral, o primeiro passo é ler o texto pela primeira vez e compreender bem o assunto geral do que você leu. Além disso, você também pode fazer a leitura com grifos.

Em seguida, você pode escolher qual o tipo de fichamento fará (os tipos de fichamento estão no próximo tópico). Possivelmente, o modelo terá a ver com o seu método preferido de estudo. Por fim, vale lembrar que é bem importante reunir toda a literatura sobre o tema que você escolheu – livros, artigos, textos, blogs e revistas científicas. Mas tome cuidado com as fontes de conteúdo online. Evite espalhar fake news ou trabalhar com sites de credibilidade questionável.

Quais os tipos de fichamento?

Como fazer um fichamento? Veja como fazer, tipos e exemplos! - Foto: FF MAS
Como fazer um fichamento? Veja como fazer, tipos e exemplos! – Foto: FF MAS

Não existe um modelo ideal de fichamento e “perfeito” para todas as ocasiões. Dessa forma, cada um deles tem um objetivo e te servirá de uma forma bem diferente.

Assim, o modelo de citação pode ser direta ou indireta. Além disso, é importante fichar de diferentes formas para auxiliar na construção de um texto coeso e objetivo. De qualquer modo, vale lembrar que a organização das referências é um processo bem pessoal e variável. Portanto, encontre o estilo que é mais simples e fácil para você.

Por fim, observe que você não precisa escolher apenas um dentre os três tipos possíveis. Caso o trabalho for muito relevante e se fizer sentido para você, nada impede que você misture os tipos de fichamento. Portanto, vamos aos modelos.

Fichamento de Citação

Como fazer um fichamento? Veja como fazer, tipos e exemplos! – Foto: METTZER

De forma resumida, podemos dizer que é a transcrição de uma ideia no formato de citação direta. Isto é, é a transcrição literal de uma frase. Nesse modelo, é preciso ter atenção redobrada para anotar a página, o nome do livro e do autor da qual a referência foi extraída.

Além disso, a citação precisa ser bem assertiva. Dessa forma, uma citação muito longa pode tirar concentração da ideia central do texto. Além disso, se o trecho for muito extenso, você pode utilizar o símbolo “[…]” e utilizar apenas a parte importante. De fato, essas citações diretas também merecem um carinho e uma atenção bem especial, porque replicam fielmente a ideia de um autor e devem ser feitos de acordo com as normas da ABNT.

Esse modelo é bem útil para quem está produzindo um trabalho acadêmico e precisa voltar nas leituras para localizar o conteúdo. Por fim, vale lembrar que tendo esse fichamento em mãos você poderá copiar e colar citações diretas para o seu trabalho.

Fichamento Bibliográfico

Veja como fazer, tipos e exemplos! – Foto: METTZER

É o modelo mais simples dos três. É basicamente a descrição das ideias do objeto em tópicos. Quer dizer, esse modelo dialoga muito com a citação indireta, mas de forma um pouco mais específica e objetiva.

De fato, ele funciona como uma paráfrase de uma parte selecionada da obra. Por isso é bem importante detalhar página, nome do livro e do autor. Além disso, ao ter esse fichamento em mãos você poderá copiar e colar citações indiretas para o seu trabalho. Por fim, vale lembrar que isso economizará o tempo de desenvolvimento do trabalho.

Fichamento de resumo ou conteúdo

Como fazer um fichamento? Veja como fazer, tipos e exemplos! – Foto: METTZER

O fichamento de resumo ou conteúdo é uma síntese das principais ideias que estão presentes na obra. Assim, ele precisa ser elaborado com as suas próprias palavras. Isto é, você deve construir as interpretações do conteúdo.

Além disso, ele também é conhecido como o fichamento de resumo ou textual, já que as ideias são agrupadas e elencadas de acordo com a ordem em que aparecem no texto original.

É bem interessante eleger os tópicos mais importantes e os tópicos secundários. Inclusive, é aconselhável utilizar as suas próprias palavras sobre o tema, criar o seu próprio método de organização, exemplificar e dispor dos seus próprios argumentos. Tudo isso irá auxiliar muito na hora da adaptação para o seu trabalho.

Por fim, vale lembrar que geralmente, se destaca o nome do autor, da obra e uma reflexão pessoal sobre o tema.

O fichamento precisa estar nas normas ABNT?

Como fazer um fichamento? Veja como fazer, tipos e exemplos! - Foto: MF
Como fazer um fichamento? Veja como fazer, tipos e exemplos! – Foto: MF

Como você já deve ter percebido lendo os tópicos anteriores, é bem importante que o processo de fichamento esteja de acordo com as normas ABNT. Assim, não deve haver “retrabalho” e também evitará que as suas citações e referências estejam incorretas.

Além disso, vale lembrar que citações incorretas são erros graves em um TCC e a banca examinadora pode descontar pontos que irão prejudicar a sua nota final. Por fim, vale lembrar que em casos mais graves, os erros podem até caracterizar um plágio.

Perguntas Frequentes

O que é um fichamento?

O fichamento pode ser cobrado como uma forma de avaliação de alguma disciplina durante a faculdade. Inclusive, é por esse motivo que muitos alunos sentem “terror” só de pensar em um fichamento.

No entanto, a verdade é que o fichamento pode ser bem mais útil do que uma simples avaliação. Assim, a maior utilidade desse modelo de trabalho é na etapa de construção do referencial teórico do TCC, da dissertação ou até da tese. Dessa forma, ao utilizá-los, é possível organizar as suas ideias e ter p controle sobre todo o conteúdo que você já acessou sobre o tema. Portanto, como o próprio nome dele já diz, ele significa “organizar em fichas”.

Como fazer um fichamento?

Como você já deve ter percebido, o objetivo de um fichamento será um livro, um capítulo de um livro ou até um artigo. No entanto, isso vai depender da sua necessidade e intenção. Por exemplo, um professor pode solicitar um fichamento de 3 capítulos específicos de um determinado livro. Apesar de não parecer, esse tipo de trabalho é bem flexível. Dessa forma, existem diversas técnicas de como fazer um fichamento.

Na regra geral, o primeiro passo começa com a leitura do texto pela primeira vez e compreender bem o assunto geral do que você leu. Além disso, você também pode fazer a leitura com grifos.

Em seguida, você pode escolher qual o tipo de fichamento fará (os tipos de fichamento estão no próximo tópico). Possivelmente, o modelo terá a ver com o seu método preferido de estudo. Por fim, vale lembrar que é bem importante reunir toda a literatura sobre o tema que você escolheu – livros, artigos, textos, blogs e revistas científicas. Mas tome cuidado com as fontes de conteúdo online. Evite espalhar fake news ou trabalhar com sites de credibilidade questionável.

Quais os tipos de fichamento?

  • Fichamento de Citação;
  • Fichamento Bibliográfico;
  • De resumo ou conteúdo.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *