Eficácia e Eficiência: entendendo a diferença!

Por | Geral, Secretariado

Eficácia e Eficiência são as duas palavras mais comumente justapostas pelas pessoas. Assim, elas são úteis ​​no lugar uma das outras, mas são bem diferentes. Enquanto a eficiência é o estado de obtenção da produtividade máxima, com o mínimo de esforço despendido, eficácia é a medida em que algo é bem-sucedido em fornecer o resultado desejado.

Veja também o que é visão sistêmica!

Portanto, leia todo o artigo para entender a diferença entre a eficiência e a eficácia na gestão.

O que é Eficiência?

Eficácia e Eficiência: entenda a diferença! - Foto: TR MAS
Eficácia e Eficiência: entenda a diferença! – Foto: TR MAS

Eficiência se refere à capacidade de produzir o máximo de resultados a partir de um determinado insumo, com o mínimo de desperdício de tempo, esforço, dinheiro, energia e matérias-primas. Pode ser medida de forma quantitativa projetando e atingindo as relações de entrada e saída dos recursos da empresa, como fundos, energia, material, mão de obra e etc.

Além disso, a eficiência também pode ser um parâmetro para calcular o desempenho e a produtividade, fazendo comparações entre a produção orçada e a produção real produzida com o número fixo de entradas. É a capacidade de fazer as coisas de maneira bem-educada, para atingir o resultado padrão.

Por fim, a eficiência é um elemento essencial para a utilização dos recursos, pois são muito menos numerosos e possuem usos alternativos, devendo ser aproveitados da melhor forma possível.

O que é eficácia?

 Eficácia e Eficiência: entenda a diferença! - Foto: IBC MAS
Eficácia e Eficiência: entenda a diferença! – Foto: IBC MAS

A eficácia refere-se à extensão em que algo foi feito para atingir o resultado pretendido. Significa o grau de proximidade do objetivo alcançado com o objetivo predeterminado de examinar a potência de toda a entidade.

Assim, a eficácia tem um olhar externo, ou seja, revela a relação da organização empresarial com o macro ambiente de negócios. Tem como foco alcançar uma posição competitiva no mercado.

Por fim, a eficácia é orientada para os resultados, o que mostra o quão excelente uma atividade foi realizada que levou à obtenção do resultado pretendido, que é preciso ou quase perfeito.

Quais as principais diferenças entre a eficiência e a eficácia?

  Eficácia e Eficiência: entenda a diferença! - Foto: BQ MAS
Eficácia e Eficiência: entenda a diferença! – Foto: BQ MAS

Os pontos, dados a seguir, descrevem as diferenças entre a eficiência e a eficácia:

  1. A capacidade de produzir a produção máxima com recursos limitados é conhecida como Eficiência. Assim, o nível de proximidade do resultado real com o resultado planejado é a Eficácia;
  2. Eficiência é ‘fazer as coisas perfeitas’, enquanto Eficácia é ‘fazer coisas perfeitas’;
  3. A Eficiência tem uma perspectiva de curto prazo. Por outro lado, o longo prazo é o ponto de vista da Eficácia;
  4. A Eficiência é orientada para o rendimento. Ao contrário da Eficácia, que se orienta para os resultados;
  5. A Eficiência deve se manter no momento da implementação da estratégia, ao passo que a formulação da estratégia requer Eficácia;
  6. Eficiência é medida nas operações da organização, mas é medida a Eficácia das estratégias que são feitas pela organização;
  7. A Eficiência é o resultado da produção real, dado o número de entradas. Por outro lado, a Eficácia tem relação com os meios e fins.

Exemplo de eficiência e eficácia

Um homem, ao cavar um poço com perfeição, realiza um trabalho com eficiência. Por outro lado, um homem que sabe o local correto para cavar o poço e achar água, executa um trabalho com eficácia.

No entanto, quando falamos sobre eficiência e eficácia, entramos no conceito de efetividade, que é um conceito que se refere à capacidade de ser eficiente e eficaz ao mesmo tempo.

Mas o que vem primeiro? A Eficiência ou Eficácia?

   Eficácia e Eficiência: entenda a diferença! - Foto: BU MAS
Eficácia e Eficiência: entenda a diferença! – Foto: BU MAS

A eficácia deve ser a 1ª prioridade de qualquer negócio, seguida pelo desenvolvimento de práticas eficientes. Pense desta forma: se é a 1ª vez que faz uma torta de maçã, você está mais preocupado em preparar uma sobremesa deliciosa ou assá-la em tempo recorde e com o mínimo de maçãs? Obviamente, entregar uma guloseima saborosa é mais importante do que assá-la com eficiência.

Na mesma linha, as empresas devem se esforçar apenas para realizar tarefas que promovam de forma efetiva os lucros e o crescimento. Não importa se uma empresa pode desenvolver um projeto com poucos recursos em um curto espaço de tempo se esse projeto não estiver alinhado com os objetivos corporativos.

O maior problema com a priorização da eficiência em relação à eficácia é que as pessoas podem nunca realmente executar as suas tarefas porque ficam presas tentando otimizar a forma como as concluem. É essencial 1º aprender como realizar uma tarefa, mesmo que os seus métodos não sejam os ideais. Em seguida, você pode iterar e melhorar, tornando a conclusão de sua tarefa eficaz mais eficiente.

Por fim, o 1º passo para tornar uma empresa produtiva é focar na eficácia, mesmo ao custo da eficiência. Assim que uma empresa implanta práticas eficazes, a empresa pode começar a tornar essas práticas bem mais eficientes.

É mais importante para um indivíduo buscar eficácia ou eficiência?

Eficácia e Eficiência: entenda a diferença! – Foto: BG MAS

A resposta é: não existe. Isso mesmo! 

Assim, caso você esteja se perguntando se é melhor ser eficiente ou eficaz, a resposta é: as duas virtudes são ótimas para qualquer profissional. Na medida do possível, você deve ser eficiente e eficaz. Mas o exagero não é bom de nenhum dos lados. Dessa forma, o equilíbrio é fundamental para que você possa olhar para todos os ângulos de uma situação, sendo capaz de avaliá-la com clareza e agir de acordo com esta análise, tanto de forma eficiente, quanto eficaz.

É mais importante para uma organização buscar eficácia ou eficiência?

Eficácia e Eficiência: entenda a diferença! – Foto: CA MAS

Se a empresa está tentando crescer de forma agressiva e tem recursos para isso, otimizar a eficácia pode ser o caminho a seguir.

No entanto, no caso de empresas menores e com menos recursos, buscar operações mais eficientes pode ser uma melhor saída. Isto porque pode maximizar as capacidades que ela já possui. Dessa forma, encontrar o ponto de equilíbrio entre eficácia e eficiência é o objetivo final para todas as empresas.

Como encontrar o equilíbrio a Eficácia e Eficiência?

Eficácia e Eficiência: entenda a diferença! – Foto: DI MAS

Como você já pode dizer, equilibrar eficácia e eficiência é o Santo Graal para qualquer empresa. Se eficiência é fazer as coisas da maneira certa e eficácia é fazer as coisas certas, então um bom equilíbrio entre os dois significa fazer as coisas certas da maneira certa.

Isso significa começar com uma solução, embora imperfeita, para um problema. Em seguida, implemente essa solução e aprenda com ela. Por fim, use as suas experiências para determinar as melhores maneiras de aprimorar essa solução para aumentar a eficiência.

Por fim, os clientes desejam um produto eficaz. Mas se uma empresa não conseguir atender à demanda, sua participação no mercado cairá. Cada situação é bem diferente. Uma empresa que está tentando crescer de forma agressiva e com amplos recursos pode priorizar a eficácia. Mas uma empresa que está satisfeita com a sua participação no mercado e com recursos limitados priorizará tornar as suas operações mais eficientes.

Encontrar o equilíbrio entre eficácia e eficiência é o objetivo final, seja em um nível pessoal ou corporativo. Dessa forma, trabalhe para encontrar os métodos mais eficazes e, em seguida, ajuste-os para maximizar a eficiência, e você se posicionará para ser produtivo e bem-sucedido.

FAQ

Qual a diferença entre eficiência e eficácia?

A diferença entre eficiência e eficácia é que a eficácia se refere à execução de ações que ajudarão a atingir algum objetivo, enquanto a eficiência se refere à execução dessas ações com o mínimo de tempo ou recursos gastos.

Exemplos da diferença entre eficiência e eficácia estão à nossa volta. Assim, considere carros e trens. Ambos são bem eficazes para o transporte de pessoas em longas distâncias. Mas os trens são capazes de transportar mais pessoas usando menos recursos (gasolina, menos ferrovias do que estradas e etc.) do que os carros, tornando os trens muito mais eficientes.

O que é eficácia e eficiência na gestão?

Na gestão, eficácia se refere à capacidade de sua equipe ou empresa de alcançar resultados que você identificou como essenciais para o sucesso do negócio.

Para medir a eficácia de um projeto, tarefa ou processo, você precisa primeiro ter alguma forma de medir se você alcançou ou não o que se propôs alcançar. Em certo sentido, isso torna a eficácia uma medida subjetiva. A mesma tarefa pode se tornar menos eficaz à medida que os objetivos e as condições mudam.

Como gerente, a eficiência se refere à capacidade de sua equipe de produzir resultados bem-sucedidos com menos tempo e menos recursos. Por exemplo, você pode medir a eficácia de seu projeto por quantos novos clientes ele gerou, enquanto mede sua eficiência por quanto custou, quantos funcionários gastaram tempo nele e quanto tempo gastaram nele.

O que é um exemplo de eficiência? 

A eficiência do combustível é um exemplo comum de eficiência em que pensamos o tempo todo. O termo “Km por galão” é uma medida de eficiência. Ele está respondendo à pergunta “quantos quilômetros este veículo pode rodar com um galão de gasolina”, o que o torna uma medida comparativa útil ao comprar carros.

Um carro mais eficiente em termos de combustível leva você mais longe com menos recursos (e, por fim, menos dinheiro).

Você pode ser eficiente sem ser eficaz? 

Se algo não é de todo eficaz, então não pode ser tornado eficiente.

Além disso, lembre-se de que “eficaz” é um termo subjetivo. Em outras palavras, mesmo quando você não o diz, está insinuando que uma tarefa é eficaz em algo em particular. Por exemplo, esfregar pedras umas nas outras é eficaz para fazer barulho, mas é necessário um tipo especial de pedra para ser eficaz também para fazer faíscas.

Nenhuma quantidade de recursos ou tempo reduzidos aumentará a sua eficiência de geração de faíscas se você estiver usando as pedras erradas, porque sua tarefa literalmente nunca produzirá o resultado desejado.

Por que a eficiência é importante? 

Da eficiência energética à eficiência no trabalho, a maioria de nós valoriza um trabalho realizado sem perda de tempo ou recursos. Trabalhar com eficiência garante que você esteja trabalhando de maneira mais inteligente, não mais difícil.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *