Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores!

Por | Geral

Se você se vir transbordando de uma nova ideia ou precisa explorar um conceito de uma forma mais aprofundada, desenvolver um mapa mental é geralmente a melhor maneira de refletir sobre um pensamento e manter as coisas organizadas. Portanto, pensando nisso, hoje separamos os 6 melhores exemplos de mapas mentais. Mas antes disso, também vamos trabalhar o que é um um mapa mental, qual os seus objetivos e as suas vantagens e desvantagens. Confira:

Veja também tudo sobre gestão de conhecimento!

O que é um mapa mental?

Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! - Foto: IBN
Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! – Foto: IBN

Um mapa mental é uma técnica organizacional útil que envolve a criação de um diagrama visual para capturar e estruturar informações, ideias ou conceitos.

Portanto, pense em um mapa mental como uma forma mais interessante de brainstorming de uma ideia. Assim, em vez do método tradicional de fazer anotações para gerar e organizar ideias, um mapa mental é um método gráfico de apresentar ideias e organizar informações de maneira fácil de lembrar.

Quais os objetivos dos mapas mentais?

Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! - Foto: IBC
Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! – Foto: IBC

O mapeamento mental é uma técnica versátil de aumento de produtividade que encontra aplicação em vários campos. Dessa forma, os mapas mentais são criados imitando o processo de pensamento do cérebro e, como essa técnica demonstrou estimular ambos os hemisférios cerebrais, o mapeamento mental se tornou popular e foi adotado para uso em vários campos.

Quais as vantagens e desvantagens de mapas mentais?

Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! - Foto: NP
Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! – Foto: NP

Vantagens dos mapas mentais

  1. Envolve a mente: o mapeamento mental é benéfico porque acende seus poderes mentais, permitindo que você pense criticamente sobre um assunto central e como as ideias estão ligadas e conectadas. Assim, o mapeamento mental é uma excelente forma de desenvolver habilidades analíticas;
  2. Decompõe conceitos complexos: os mapas mentais são ótimos para destilar ideias complexas em pedaços menores de informação. Portanto, como os mapas mentais são focados em palavras-chave e condensados, isso ajuda a simplificar conceitos e focar em pontos críticos;
  3. Melhora a memória: o mapeamento mental envolve identificar uma ideia central e apontar como as sub ideias se conectam e se ligam à ideia central. Assim, essas conexões são ilustradas de maneira não linear hierárquica com o uso de recursos visuais e cores, o que aumenta a capacidade do cérebro de coletar informações;
  4. Aumenta a produtividade: um benefício amplamente difundido do mapeamento mental é que ele sobrecarrega e aumenta a produtividade, permitindo que você faça um uso mais significativo do tempo. Dessa forma, pessoas que usam mapas mentais para estudar, fazer anotações, gerenciamento de projetos e apresentações geralmente atestam que essa ferramenta os ajuda a assumir o controle total das tarefas e permanecer altamente organizados e criativos;
  5. Fácil de revisar: os mapas mentais são estruturados de forma que um tópico central seja conectado a várias sub ideias relacionadas usando ramificações. Assim, essa abordagem torna mais fácil escanear e obter uma visão geral rápida de um mapa mental. Dessa forma, ao contrário das anotações lineares tradicionais, onde você deve ler linha por linha, você pode facilmente escanear um mapa mental, identificar as palavras chaves centrais e secundárias para saber o foco de um mapa mental.

Desvantagens dos mapas mentais

  1. Causa confusão: os mapas mentais envolvem a identificação de conexões significativas entre ideias e conceitos.  Assim, muitas ideias podem ser geradas durante o mapeamento mental, e se alguém não assumir o controle do processo, isso pode levar a um mapa mental excessivamente grande e populado. Dessa forma, ler mapas mentais tão mal construídos pode ser muito confuso;
  2. Consome muito tempo: isso geralmente se aplica a pessoas que são novas no mapeamento mental. Dessa forma, ao criar um mapa mental pela primeira vez, pode exigir muito esforço e consumir tempo quando você está fazendo um brainstorming e tentando criar associações entre as ideias. No entanto, com o tempo, enquanto você mapeia mentalmente, você pega o jeito das coisas e desenha mapas mentais em menos tempo;
  3. Limitação de espaço: Isso geralmente se aplica a mapas mentais desenhados manualmente em papel. Assim, conforme você tenta gerar mais conexões com o ponto central de um mapa mental, mais ramificações e sub ramificações são criadas e o mapa fica mais longo. Além disso, ele pode ocupar muito espaço se você estiver usando papel A4 e desenhando à mão. No entanto, com o software de mapeamento mental, você pode assumir o controle do diagrama e da tela.

Os melhores exemplos de mapa mentais

Mapa mental para estudantes

Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! - Foto: CT
Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! – Foto: CT

Está debatendo sobre uma proposta de pesquisa? Mas não sabes por onde começar? Portanto, o modelo de mapa mental acima para estudantes é um bom lugar para começar. Dessa forma, as propostas de pesquisa podem ser bem complexas e este mapa mental cobre a maioria das coisas incluídas em uma proposta de pesquisa.

Mapa mental para iniciar um negócio

Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! - Foto: CT
Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! – Foto: CT

Começar um negócio não é pouco porque se tem de planejar muitas coisas. Dessa forma, os mapas mentais são a ferramenta perfeita para planear quase tudo. Portanto, acima, você verá um exemplo do mapa mental que mostra os passos iniciais envolvidos no início de um negócio.

Mapa mental para criar um website

Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! - Foto: CT
Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! – Foto: CT

Existem muitos web designers que usam os apps de criação de mapa mental para criar maquetes e wireframes e temos certeza que eles vão adorar o mapa mental acima, que mostra diferentes aspectos que você precisa considerar ao projetar um site. Além disso, você pode adicionar estilos diferentes para sub tópicos diferentes que adicionam mais clareza ao seu mapa mental. Por fim, vale lembrar que isto é muito útil na criação de mapas mentais mais complexos.

Mapa mental para uma campanha promocional

Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! – Foto: CT

Planejar uma campanha promocional não é tarefa fácil. Dessa forma, é preciso muito dinheiro, tempo, esforço e pensamento criativo. Assim, usando um mapa mental, você pode planejar cada etapa da campanha de forma eficiente. Ele o ajudará a registrar suas ideias enquanto faz um brainstorming para novas estratégias com sua equipe, manterá o controle de suas responsabilidades e garantirá que você não esteja perdendo os passos importantes que deveria estar dando. Além disso, vale lembrar que um mapa mental pode guiá-lo através do processo de planejamento da campanha.

Mapa mental para o lançamento de um produto

Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! – Foto: CT

Durante o lançamento de um produto, você deve dar atenção meticulosa a cada pequeno detalhe envolvido no processo, desde as características do produto até a plataforma na qual você vai publicá-lo. Assim, com um mapa mental limpo como o de cima, você pode facilmente ter certeza de que não está perdendo as coisas importantes e que tudo está indo de acordo com o planejado.

Mapa mental de um modelo de preço

Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! – Foto: CT

Decidir um preço para o seu produto ou serviço requer que você leve em consideração muitos fatores. Dessa forma, confiar em um mapa mental como este irá guiá-lo através do processo e ajudá-lo a chegar a um resultado bem eficaz.

Como desenhar um mapa mental?

Os mapas mentais são versáteis e adaptáveis, tornando inteiramente sua a criação de um mapa mental que ressoe e atenda às suas necessidades exclusivas. Portanto, abaixo, listamos um esboço geral de como criar o seu próprio mapa mental.

Decida se deseja desenhar no papel ou digital

Você deve decidir de antemão se deseja criar um mapa mental no papel ou desenhá-lo usando o software. Dessa forma, desenhar um mapa mental no papel tem algumas limitações, e é melhor criá-lo com um software de mapeamento mental. Além disso, vale lembrar que mapas mentais digitais são compartilháveis ​​e ótimos para apresentações profissionais.

O MindMaster é uma excelente ferramenta de desenho de plataforma cruzada que permite criar mapas mentais em todos os dispositivos, do PC à Web e ao celular. Assim, você pode se inscrever para uma conta gratuita e começar a gerar mapas mentais ilimitados em todas as plataformas.

Exemplos de mapas mentais: confira os 06 melhores! – Foto: CT

Descubra a ideia / assunto central do seu mapa mental

Por que você está criando um mapa mental? Responder a essa pergunta o ajudará a ter a ideia central do mapa mental que deseja desenhar.

Depois de determinar a ideia central, bem no meio de sua tela de desenho, desenhe uma imagem para representar a ideia central de seu mapa mental. Além disso, no meio da tela, escreva a palavra chave que melhor descreve a ideia central.

Determine as principais sub ideias que impactam diretamente a ideia / conceito central

Em seguida, descubra as conexões de primeiro nível. Estas são as ideias / conceitos que estão diretamente ligados à ideia central. Assim, mostre as conexões de primeiro nível usando ramificações curvas grossas que irradiam da palavra chave central. Usando cores diferentes para cada ramo, descreva cada ramo com uma imagem e palavra chave relevantes.

Crie mais conexões desenhando mais ramificações

Analise as conexões de primeiro nível e proponha sub ideias que podem ser derivadas de cada uma das ramificações de primeiro nível. Assim, esses novos ramos são as conexões de segundo nível e se originam de cada um dos ramos principais. Represente os ramos de segundo nível com cores diferentes, imagens e palavras-chave apropriadas.

Por fim, repita esse processo para fazer mais conexões e derivar ainda mais ramificações de terceiro e quarto nível. Crie quantos níveis de ramificação você achar necessário até que você esgote as sub ideias.

Perguntas Frequentes

O que é mapa mental?

Um mapa mental é uma técnica organizacional útil que envolve a criação de um diagrama visual para capturar e estruturar informações, ideias ou conceitos.

Portanto, pense em um mapa mental como uma forma mais interessante de brainstorming de uma ideia. Assim, em vez do método tradicional de fazer anotações para gerar e organizar ideias, um mapa mental é um método gráfico de apresentar ideias e organizar informações de maneira fácil de lembrar.

Onde criar mapa mental?

Existem muitas ferramentas para criar um mapa mental. No artigo, citamos o MindMaster, mas você pode usar outros aplicativos. Confira abaixo as melhores ferramentas gratuitas para fazer o seu mapa mental:

  • GoConqr;
  • MindMeister;
  • Draw.io;
  • Coggle;
  • Canva;
  • Gliffy.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *