Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre!

Por | Secretariado

Os estudantes do ensino superior já sabem: os assuntos “pesquisa científica” e “metodologia científica” estão sempre presentes nas grades curriculares. Assim, é bem difícil que você escape deles. Mas bem diferente do que a maioria das pessoas pensam ou espalham por aí, eles não são um bicho de 7 cabeças. Sabe por quê?

Veja também o que é a administração estratégica!

Porque é mais do que possível otimizar o “fazer científico” criando e entendendo os conceitos e processos. Mas muita gente prefere pular essa etapa! Além disso, é claro que produzir artigos científicos, TCCs e elaborar a dissertação de um mestrado não são tarefas para serem feitas de um dia para o outro.

Mas, ao entender a estrutura, ou seja, aquilo que irá formar o esqueleto de todo a sua pesquisa científica, nós garantimos que vai ficar bem mais fácil desenvolvê-la. Portanto, hoje vamos te mostrar como tornar a sua produção científica bem “melhor”. Assim, abaixo você verá tudo o que você precisa saber sobre os fundamentos de metodologia científica. Confira:

O que é a ciência e o conhecimento científico?

Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! - Foto: EP MAS
Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! – Foto: EP MAS

Para entender de modo fácil o conceito de ciência, perceba a seguinte evolução que sofreu a inteligência humana: na pré-história, os homens não conseguiam explicar os fenômenos da natureza. Até por isso, eles tinham medo de tudo que acontecia à sua volta.

Mas com o tempo, passaram a explicar esses fenômenos com base nas crenças e nas superstições do contexto onde viviam. Isso fica bem claro no conhecimento de “senso comum” (que é marcado pela tradição) que perdura até os dias de hoje. Ou seja, isso é aquele conselho da sua avó de colocar uma planta X na barriga para aliviar uma dor, por exemplo.

Por outro lado, a Ciência se refere ao conhecimento feito pelo homem de uma maneira bem mais racional. Assim, a Ciência acontece a partir do momento em que o homem busca explicar os fenômenos através de caminhos que possam ser testados, verificados e comprovados. Assim, tenha sempre em mente: para um conhecimento ser científico, ele precisa passar por testes e verificações.

Além disso, para ser testado e até verificado, é natural que o conhecimento científico tenha que passar por uma série de processos, certo? Afinal, como saber se os testes funcionaram? É como responder a uma prova da faculdade ou do colégio. As suas respostas precisam atender a certos critérios estabelecidos pelo professor para serem julgados como corretos.

Mas então, o que seria…

O que é a pesquisa científica?

Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! - Foto: PA MAS
Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! – Foto: PA MAS

Assim, no mundo acadêmico, esses processos pelos quais as pesquisas passam são os métodos científicos ou até as metodologias científicas.

Mas tenha calma… Antes de tudo, você sabe o que, de fato, é a pesquisa científica? E como ela se diferencia de uma pesquisa no Google, por exemplo?

Relação entre pesquisa científica e metodologia científica

O que é pesquisa científica?

Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! - Foto: LA MAS
Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! – Foto: LA MAS

Dentro da ciência, uma pesquisa científica é o conjunto de ações tomadas quando se tem o objetivo de encontrar a solução para um problema. Assim, essas ações têm como base os procedimentos operacionais e até os sistemáticos.

Por isso, é tão comum que você escute os seus professores dizendo que toda a pesquisa parte de um problema. Isso porque você precisa chegar a uma solução para ele. Mas essa solução não pode partir de um “achismo”. Dessa forma, ela tem que ser, conforme o que já falamos sobre o conhecimento científico e a ciência… testada e comprovada!

É por isso que surgiram as formas de analisar a pesquisa científica. Dessa forma, você pode analisá-la de 3 formas: quanto à sua natureza (ou enfoque) da pesquisa, à abordagem do problema (ou a metodologia) e aos objetivos.

Quais os tipos de pesquisa científica?

1) Quanto à natureza

A natureza da pesquisa diz respeito à sua finalidade, à contribuição que ela trará à ciência. Quanto à natureza, as pesquisas podem ser classificadas como básicas ou aplicadas:

Pesquisa Fundamental ou Básica
Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! - Foto: ME MAS
Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! – Foto: ME MAS

A pesquisa fundamental está sendo feita para apresentar as novas teorias científicas e para estender o campo da ciência em vários campos. Dessa forma, este tipo de pesquisa visa fomentar as teorias científicas por meio da descoberta de princípios ou até as regras gerais e menos atenção é dada à aplicação dessas habilidades na ação e na realidade. Além disso, esse tipo de pesquisa é feito em laboratórios e, muitas vezes, em animais. Por fim, vale lembrar que os psicólogos estão entre os cientistas mais interessados ​​em fazer esse tipo de pesquisa.

Pesquisa aplicada
Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! - Foto: ME MAS
Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! – Foto: ME MAS

A pesquisa aplicada é feita para resolver os problemas de forma bem mais rápida e tomar as medidas que são necessárias. Assim, esse tipo de pesquisa busca resolver os vários problemas usando os resultados da pesquisa fundamental. Em outras palavras, na pesquisa aplicada, o pesquisador pratica os resultados da pesquisa fundamental em ação. Além disso, vale lembrar que esta pesquisa, ao contrário da pesquisa fundamental que tem uma natureza bem mais teórica, está mais focada em fenômenos reais e questões científicas. Por fim, é de natureza não laboratorial e é feito para lidar com as realidades sociais, políticas e etc.

2) Quanto aos objetivos

Aqui você irá classificar, por exemplo, o grau de familiaridade que você já tem com o tema e o quanto você irá aprofundar ele. Por fim, vale lembrar que ela pode ser exploratória, descritiva ou até explicativa:

Pesquisa exploratória
Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! - Foto: ME MAS
Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! – Foto: ME MAS

No estudo científico, a pesquisa exploratória é aquela que está em sua fase preliminar. Assim, ela tem como objetivo conquistar a maior familiaridade com o problema.

Além disso, ela é desenvolvida quando ainda não há tantos dados e informações disponíveis sobre um tema, mas percebe-se que ele poderá ser o alvo de pesquisas futuras.

A pesquisa exploratória costuma se associar à pesquisa bibliográfica e ao estudo de caso, que é aquele em que o pesquisador levanta dados sobre indivíduos ou comunidades específicas.

Por fim, vale lembrar que por estar em uma fase tão inicial e não existirem tantas informações disponíveis sobre o assunto, a pesquisa exploratória tende a exigir um esforço bem maior do pesquisador.

Pesquisa descritiva
Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! – Foto: ME MAS

A pesquisa descritiva, segundo Gil (2008), é aquela que descreve um fenômeno ou objeto de estudo (população, empresa, governo, situação problema) e estabelece as relações entre as suas variáveis.

Assim, em outras palavras, ela levanta e registra as características de um determinado fenômeno, como por exemplo: a distribuição por sexo e idade de um determinado grupo ou ainda as pesquisas eleitorais e as preferências político partidárias de uma população.

Por fim, vale lembrar que na pesquisa explicativa, costumam ser utilizados instrumentos de coleta de dados padronizados, como os questionários e a observação sistemática.

Pesquisa explicativa
Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! – Foto: ME MAS

A pesquisa explicativa, por sua vez, é a que exige um maior grau de complexidade. Por isso, é bem comum vê-la em dissertações de mestrados e até em teses de doutorado.

Ainda de acordo com Gil (2008), elas têm como preocupação central identificar os fatores que determinam ou contribuem para a ocorrência dos fenômenos. Além disso, é o tipo de pesquisa que mais aprofunda o conhecimento da realidade, pois explica a razão e o porquê das coisas.

Por fim, vale lembrar que a maioria das pesquisas explicativas são classificadas como experimentais e ex-post facto. De forma óbvia, a pesquisa explicativa se baseia em estudos anteriores, como em pesquisas descritivas e até exploratórias.

3) Quanto à abordagem do problema

Esse é o caminho mais adequado para estudar o seu objeto. Assim, pode ter características quantitativas, qualitativas ou ambas:

Pesquisa quantitativa
Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! – Foto: VC MAS

Na pesquisa quantitativa, costuma se abordar a contagem e a medição de aspectos da vida social. Assim, nos métodos quantitativos, tudo é inspirado por uma série de conceitos chave e pré determinados, como hipótese, definição operacional, validade, significância, estatística, confiabilidade, análise dedutiva e até a repetibilidade. Por fim, para simplificar, as descobertas da pesquisa quantitativa são o resultado de estudos sistemáticos realizados por métodos de cima para baixo.

Pesquisa qualitativa
Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! - Foto: VC MAS
Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! – Foto: VC MAS

A pesquisa qualitativa costuma abordar as descrições argumentativas, descobrindo os significados e as mudanças dos atores sociais. Assim, essa pesquisa, acima de tudo, descreve as realidades cotidianas da vida social e, por meio do senso comum, junto com análises e interpretações indutivas, faz uma hipótese que era bem imprevisível antes de fazer a pesquisa, ou não predeterminada.

Pesquisa mista
Fundamentos de metodologia científica: veja tudo o que você precisa saber sobre! – Foto: DO MAS

A pesquisa mista mistura os métodos quantitativos e qualitativos ou as características paradigmáticas. Assim, a natureza dos dados é uma mistura de variáveis, palavras e imagens. Na verdade, o propósito de usar os métodos de pesquisa mistos não é aplicar uma pesquisa em vez de outra, mas melhorar os pontos fortes e reduzir ou até minimizar os pontos fracos de ambos os tipos de pesquisa em um estudo.

FAQ

O que é pesquisa científica?

Dentro da ciência, uma pesquisa científica é o conjunto de ações tomadas quando se tem o objetivo de encontrar a solução para um problema. Assim, essas ações têm como base os procedimentos operacionais e até os sistemáticos.

Como são classificadas as pesquisas científicas?

  • Quanto à natureza: a natureza da pesquisa diz respeito à sua finalidade, à contribuição que ela trará à ciência. Assim, as pesquisas podem ser classificadas como básicas ou aplicadas;
  • Quanto aos objetivos: aqui você irá classificar, por exemplo, o grau de familiaridade que você já tem com o tema e o quanto você irá aprofundar ele. Por fim, vale lembrar que ela pode ser exploratória, descritiva ou até explicativa;
  • Quanto à abordagem do problema: esse é o caminho mais adequado para estudar o seu objeto. Assim, pode ter características quantitativas, qualitativas ou ambas.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *