Gestão Estratégica de Pessoas: como aplicar na sua empresa!

Foi-se o tempo em que as pessoas eram vistas como apenas engrenagens de uma máquina que poderiam ser substituídas a qualquer momento. Hoje, cada vez mais as empresas têm encarado os seus colaboradores e funcionários como pessoas fundamentais para o seu sucesso. Nesse contexto, a Gestão Estratégica de Pessoas acabou ganhando muito destaque nas empresas.

Veja também 15 ferramentas digitais para facilitar a rotina do seu secretário!

Atualmente, administrar os recursos humanos e investir no desenvolvimento de quem faz parte de uma instituição virou um grande diferencial competitivo e uma peça chave para a retenção de talentos. Portanto, pensando nisso, hoje vamos falar sobre o que é a Gestão Estratégica de Pessoas, como aplicá-la e muito mais. Confira:

O que é a Gestão Estratégica de Pessoas?

Gestão Estratégica de Pessoas: como aplicar na sua empresa! - Foto: UT MAS
Gestão Estratégica de Pessoas: veja como aplicar na sua empresa! – Foto: UT MAS

Gestão Estratégica de Pessoas significa viabilizar e alinhar os interesses dos colaboradores com os da organização. Ou seja, o conceito de Gestão Estratégica de Pessoas é definido por desenvolver e reter talentos, entender as suas necessidades profissionais e a administração da organização, adotando novas medidas para que todas as metas sejam cumpridas.

O ambiente corporativo sofre constantemente alterações na gestão de pessoas por consequência das mudanças no estilo de vida da sociedade. Portanto, foi pensando nisso que o RH desenvolveu a Gestão Estratégica de Pessoas, que incorpora essa transformação do mercado de trabalho em um pensamento sistêmico, do qual cada colaborador tem importância na estratégia para um crescimento em conjunto com a empresa.

Grande parte do modelo atual de trabalho é estabelecido pela identificação dos colaboradores com a empresa, onde os profissionais veem a oportunidade de desenvolver as suas habilidades dentro de um ambiente corporativo que possui valores parecidos com os seus ideais.

Com a Gestão Estratégica de Pessoas, esse modelo de trabalho é colocado em prática, justamente por ter o objetivo de buscar por funcionários com características similares a da empresa, estabelecendo maior conexão com a equipe, a satisfação no trabalho e consequentemente elevando o crescimento da empresa.

Gestão Estratégica de Pessoas x Gestão de Pessoas

Gestão Estratégica de Pessoas: veja como aplicar na sua empresa! - Foto: SR MAS
Gestão Estratégica de Pessoas: veja como aplicar na sua empresa! – Foto: SR MAS

Você sabe o que difere o modelo tradicional de Gestão de Pessoas do modelo estratégico? Pois bem, a Gestão de Pessoas é feita de muitos paradigmas e hierarquias, logo, a Gestão Estratégica de Pessoas chegou para quebrar essas circunstâncias. 

Isso significa que a Gestão de Pessoas passou a ser algo muito distante para os novos membros do mercado de trabalho, esses mesmos que gostam de desafios, inovações e entre outros. Então, a Gestão Estratégica de Pessoas quebrou todos os padrões e trouxe uma nova forma e mais eficiente de melhorar tanto os profissionais, quanto as organizações. 

Nesse sentido, para aprimorar a Gestão de Pessoas e atender às novas demandas, foi necessário criar um modelo mais estratégico, que fosse possível ter uma comunicação mais eficiente e flexível. Além disso, a Gestão Estratégica de Pessoas também serve para melhorar a relação entre a empresa e seus colaboradores e evitar essa ideia de que existe um líder e um subordinado. 

Como surgiu a Gestão Estratégica de Pessoas como concepção empresarial?

Gestão Estratégica de Pessoas: veja como aplicar na sua empresa! - Foto: IBE MAS
Gestão Estratégica de Pessoas: veja como aplicar na sua empresa! – Foto: IBE MAS

A concepção da relação de funcionário e empresa tem se tornado cada vez mais humana, com a visão ativa na importância de cada colaborador dentro da organização, mudando os critérios para contratações. Foi por conta disso que a Gestão Estratégica de Pessoas se desenvolveu, por esse método facilitar a identificação de melhorias da produtividade e a qualidade das tarefas na concepção empresarial.

A Gestão Estratégica de Pessoas surgiu como diferencial competitivo, trazendo soluções como o  engajamento de pessoas, estabelecendo pesquisas para conhecer melhor os seus funcionários, elevando a motivação e promovendo a cultura organizacional.

Nos últimos anos, o RH passou a ter um papel muito mais estratégico nas empresas, auxiliando no desenvolvimento de todos os talentos e do capital humano. Essa estratégia é indispensável para as empresas não terem problemas futuros, como a falta de plano de sucessão e plano de carreira, que são formas de reter seus profissionais qualificados através de ações de treinamentos e promoções.

Por que a Gestão Estratégica de Pessoas é importante?

Gestão Estratégica de Pessoas: veja como aplicar na sua empresa! - Foto: CR MAS
Gestão Estratégica de Pessoas: veja como aplicar na sua empresa! – Foto: CR MAS

Você sabia? A Gestão Estratégica de Pessoas é vista no mercado de trabalho como uma vantagem competitiva, pois ela aumenta a satisfação dos colaboradores. Isso porque, a Gestão Estratégica de Pessoas visa fazer com que os funcionários entendam melhor as suas atividades e aprimorem a sua relação com todo o time.  

Além disso, quando uma empresa possui uma Gestão Estratégica de Pessoas, ela reduz os riscos de colaboradores sobrecarregados, o que pode gerar também uma baixa produtividade e, consequentemente, pode virar uma Síndrome de Burnout. Por isso, é bem importante ter uma Gestão Estratégica de Pessoas na sua organização. 

Quais são os principais benefícios de uma Gestão Estratégica?

Veja como aplicar na sua empresa! – Foto: SC MAS

Uma boa Gestão Estratégica de Pessoas pode gerar inúmeros benefícios para uma organização. Quando todos estão com expectativas alinhadas, tem propriedade nas atividades sob sua responsabilidade e estão produzindo bons resultados, é claro que a empresa só tem a ganhar! 

Mas os principais impactos positivos são:

  • Fazer com que os colaboradores se sintam valorizados;
  • Aumentar a produtividade do time;
  • Diminuir a taxa de “turnover”;
  • Retenção de talentos;
  • Criar vantagem competitiva para a organização;
  • Estratégias alinhadas com todos os colaboradores.

Quais os pilares da Gestão Estratégica?

Veja como aplicar na sua empresa! – Foto: FF MAS

Os componentes mais importantes da gestão estratégica são:

1. Engajamento e retenção

Uma das principais âncoras da Gestão Estratégica. Você não deve apenas ser levado a encontrar funcionários experientes, mas também mantê-los na empresa.

Assim, o engajamento e retenção permite que a empresa construa uma estrutura eficaz de relacionamentos sustentáveis que reflitam as ambições e os valores da empresa.

2. Aquisição e desenvolvimento de Competências

Como parte de qualquer processo de integração de empresas, independentemente de quão qualificados sejam os funcionários, eles precisarão de algum tipo de treinamento. Isso ocorre porque toda empresa funciona de maneira bem diferente. Assim, os colaboradores devem adaptar-se e fornecer as suas habilidades de forma a apoiar a cultura e os objetivos da empresa atual.

3. Gestão de Desempenho

Avaliar os recursos e as habilidades dos colaboradores ajuda a esclarecer como eles estão contribuindo para as metas e ambições da empresa, permitindo oportunidades de melhorias e também a análise de eventuais problemas.

4. Comunicação efetiva

Necessária em qualquer gestão, a comunicação precisa ser clara, transparente e bilateral para que todos os setores estejam em comum acordo e em sintonia com as ações e processos. Além disso, também deve ser um pilar que estimule a troca de feedbacks e demandas tanto de colaboradores quanto gestores.

5. Processo de liderança

A liderança é mais um pilar fundamental na Gestão de Pessoas e sua estratégia. Ela tem o papel de motivar, engajar e desenvolver parte dela, que deve orientar do começo ao fim etapas, fluxos e pessoas.

6. Trabalho em equipe

Quando estamos em sintonia, nossa capacidade de entrega de resultados e cumprimento de metas gera um desempenho muito maior. Assim, quanto mais bem estabelecido for esse pilar, mais chances de sucesso sua estratégia terá!

7. Gestão de cargos e salários

Este pilar serve tanto para estabelecer um programa de remuneração variável bem estruturado, quanto também programas de recompensas e estímulo às equipes, com bônus e outros benefícios que fazem a diferença!

Como fazer uma Gestão Estratégica de Pessoas na sua empresa? 

Veja como aplicar na sua empresa! – Foto: MR MAS

Antes de mais nada, é importante ressaltar que o resultado positivo de uma Gestão Estratégica de Pessoas é referente a um conjunto de ações que são feitas para tal. Por isso, é necessário traçar um planejamento, para que tudo fique mais alinhado. 

Separamos o passo a passo para você traçar as estratégias de forma eficaz:

1. Desenvolva uma compreensão completa dos objetivos da empresa

Não é novidade que o sucesso da Gestão Estratégica de Pessoas depende de quão alinhada ela está com as metas e objetivos das empresas. Pois então, você necessita saber a missão, visão e valores da empresa.

Por isso, é bem importante que os líderes e gestores responsáveis pela Gestão Estratégica sejam capazes de articular os planos para o crescimento da empresa de curto e longo prazo, deixando a comunicação mais efetiva de todos os objetivos da organização. 

2. Avaliar os Recursos Atuais do setor de Recursos Humanos

Nesta fase, é possível compreender todos os colaboradores da organização e saber como eles estão contribuindo para os objetivos e crescimento da empresa. Assim, um ótimo momento para avaliar tudo sobre os colaboradores é na etapa de avaliação de desempenho. Afinal, ela é um dos pilares mais importantes da Gestão Estratégica de Pessoas. 

Além disso, é necessário entender quais são os desafios e oportunidades e quais ações serão feitas para melhorar os pontos fortes da gestão de recursos humanos. 

4. Avalie a atual capacidade dos seus recursos humanos em relação às metas da organização

Uma avaliação da capacidade dos seus recursos humanos ajudará a reconhecer barreiras e implementar um plano de ação para capitalizar oportunidades e, assim, lidar da melhor maneira possível com as ameaças.

Profissionais estratégicos do departamento de RH analisarão o número de colaboradores da empresa, bem como suas habilidades, e trabalharão com as principais lideranças para identificar melhores formas de equipar seus colaboradores para atender ao que a empresa espera.

4. Avaliar os Futuros Requisitos da Empresa

Chegou a hora de prever todas as necessidades organizacionais da empresa, por isso, os termos considerados são:

  • Demanda: a previsão entre o número de funcionários com todas as suas habilidades, para que sejam consideradas nas necessidades futuras das empresas;
  • Oferta: saber quais são os colaboradores disponíveis para ajudar a sua empresa nas estratégias de crescimento. 

5. Escolher as ferramentas para automatizar e auxiliar na Gestão Estratégica

De fato, fazer a auditoria de ferramentas utilizadas é de extrema importância para identificar barreiras que podem dificultar um trabalho mais organizado. Além disso, é importante entender quais ferramentas servem como melhorias para a organização. 

Isso porque, existem ferramentas que auxiliam na desburocratização dos processos, como é o caso do sistema de controle de ponto online. 

6. Implemente a Gestão Estratégica de Recursos Humanos

Depois de todas as análises e previsões, é chegada a hora de começar a expandir sua força de trabalho e desenvolver os atuais colaboradores para que a empresa esteja pronta para o crescimento futuro.

A implementação da Gestão Estratégica de RH pode ser feita da seguinte forma:

  • Inicie com o recrutamento: aqui, os profissionais de RH começam a procurar por candidatos com as habilidades que foram identificadas durante o processo de planejamento estratégico de RH;
  • Organize um processo seletivo: este é o momento para as entrevistas e outros critérios de seleção de colaboradores. É vital fazer perguntas cruciais para entender se, de fato, os candidatos são os melhores possíveis para o que a empresa deseja;
  • Dê andamento às contratações: depois de uma seleção criteriosa, é hora de oferecer as propostas e, então, aguardar pelo aceite dos candidatos.
  • Desenvolva um bom “onboarding” e treinamento: o “onboarding” é determinante para a retenção dos colaboradores, assim como as iniciativas para mantê-los engajados, o que, por sua vez, influencia diretamente no desempenho e na satisfação.

7. Realizar Avaliações e Ações Corretivas

Por fim, elabore um cronograma para avaliar a Gestão Estratégica de Pessoas. Isso porque, ela vai fazer o acompanhamento do progresso feito e identificar quais pontos precisam ser melhorados. 

FAQ

Qual a importância da Gestão Estratégica de Pessoas?

A Gestão Estratégica de Pessoas é vista no mercado de trabalho como uma vantagem competitiva, pois ela aumenta a satisfação dos colaboradores. Isso porque, a Gestão Estratégica de Pessoas visa fazer com que os funcionários entendam melhor as suas atividades e aprimorem a sua relação com todo o time.  

Além disso, ela reduz os riscos de colaboradores sobrecarregados, evitando também uma baixa produtividade.

Quais os 7 pilares da Gestão de Pessoas?

  • Engajamento e retenção;
  • Aquisição e desenvolvimento de Competências;
  • Gestão de Desempenho;
  • Comunicação efetiva;
  • Processo de Liderança;
  • Trabalho em equipe;
  • Gestão de cargos e salários.

Qual a diferença entre Gestão de Pessoas e Gestão Estratégica de Pessoas?

A Gestão de Pessoas é feita de muitos paradigmas e hierarquias. Logo, a Gestão Estratégica de Pessoas chegou para quebrar essas circunstâncias. Isso significa que a Gestão de Pessoas passou a ser algo muito distante para os novos membros do mercado de trabalho, esses mesmos que gostam de desafios, inovações e entre outros. Então, a Gestão Estratégica de Pessoas quebrou todos os padrões e trouxe uma nova forma e mais eficiente de melhorar tanto os profissionais, quanto as organizações. 

O que é Gestão de Estratégica de Pessoas?

Gestão Estratégica de Pessoas significa viabilizar e alinhar os interesses dos colaboradores com os da organização. Ou seja, o conceito de Gestão Estratégica de Pessoas é definido por desenvolver e reter talentos, entender as suas necessidades profissionais e a administração da organização, adotando novas medidas para que todas as metas sejam cumpridas.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário!