O que é comportamento organizacional? Confira tudo sobre!

Por | Gestão, Secretariado

Todas as empresas possuem uma cultura interna que é exclusiva de sua empresa. Assim, cada funcionário contribui não apenas com um determinado conjunto de habilidades, mas também com uma personalidade com valores e crenças inerentes, e esses valores e crenças determinarão como eles irão interagir em grupos de trabalho, com outros funcionários e com a administração. Dessa forma, podemos dizer que o Comportamento Organizacional (CO) é o estudo multidisciplinar das interações dos funcionários e dos processos organizacionais que buscam criar as organizações mais eficientes e coesas.

Veja também os melhores exemplos de mapas mentais!

No campo do Comportamento Organizacional (CO), os pesquisadores descobriram que as abordagens científicas podem ser aplicadas à gestão de pessoal para trazer à tona o que há de melhor nos funcionários e melhorar o sucesso geral de uma organização. Além disso, vale lembrar que pesquisadores nas áreas disciplinares da psicologia, sociologia, psicologia social, antropologia, ciência política e economia contribuíram para a pesquisa do comportamento organizacional.

O que é comportamento organizacional?

O que é comportamento organizacional (CO)? Veja tudo sobre! – Foto: FAL MAS

O comportamento organizacional (CO) é o estudo de como as pessoas se comportam em ambientes organizacionais. Assim, os seus princípios são aplicados com o objetivo de fazer com que as organizações e as pessoas nelas trabalhem em conjunto de forma mais eficaz.

Além disso, vale lembrar que a pesquisa de CO pode enfocar o comportamento individual dentro da organização, como os grupos trabalham juntos, como a própria organização se comporta e como todos eles estão interconectados e impactam uns aos outros.

História e evolução dos estudos do comportamento organizacional (CO)

O que é comportamento organizacional (CO)? Veja tudo sobre! – Foto: FIA MAS

A origem do CO pode ter as suas raízes em Max Weber e em estudos organizacionais anteriores. A Revolução Industrial é o período de aproximadamente 1760 quando as novas tecnologias resultaram na adoção de novas técnicas de fabricação, incluindo o aumento da mecanização. Assim, a revolução industrial levou a mudanças sociais e culturais significativas, incluindo novas formas de organização. Analisando essas novas formas organizacionais, o sociólogo Max Weber descreveu a burocracia como um tipo ideal de organização que se apoiava em princípios racionais legais e maximizava a eficiência técnica.

Já na década de 1890 com o advento da administração científica e do taylorismo, os estudos do comportamento organizacional estavam se formando como uma disciplina acadêmica. Mas o fracasso da gestão científica deu origem ao movimento das relações humanas, que se caracteriza por uma forte ênfase na cooperação e no moral dos funcionários.

O Movimento das Relações Humanas dos anos 1930 a 1950 contribuiu para moldar os estudos do Comportamento Organizacional. Assim, trabalhos de estudiosos como Elton Mayo, Chester Barnard, Henri Fayol, Mary Parker Follett, Frederick Herzberg, Abraham Maslow, David Mc Cellan e Victor Vroom contribuíram para o crescimento do CO como uma disciplina.

O Comportamento Administrativo de Herbert Simon introduziu uma série de conceitos importantes para o estudo do comportamento organizacional, principalmente a tomada de decisões. Assim, Simon junto com Chester Barnard argumentou que as pessoas tomam decisões de maneira bem diferente nas organizações e fora delas. Por fim, vale lembrar que Simon recebeu o Prêmio Nobel de Economia por seu trabalho na tomada de decisões organizacionais.

O que é comportamento organizacional (CO)? Veja tudo sobre! - Foto: PG MAS
O que é comportamento organizacional (CO)? Veja tudo sobre! – Foto: PG MAS

Nas décadas de 1960 e 1970, o campo tornou-se mais quantitativo e produziu ideias como organização informal e dependência de recursos. Além disso, a teoria da contingência, a teoria institucional e a ecologia organizacional também enfureceram. Já a partir da década de 1980, as explicações culturais das organizações e da mudança organizacional tornaram-se áreas de estudo. Com base na antropologia, psicologia e sociologia, a pesquisa qualitativa tornou-se mais aceitável no CO.

Por que o comportamento organizacional é importante?

O que é comportamento organizacional (CO)? Veja tudo sobre! - Foto: FIA MAS
O que é comportamento organizacional (CO)? Veja tudo sobre! – Foto: FIA MAS

Os princípios do CO eficaz podem ser aplicados a muitos aspectos do local de trabalho. Dessa forma, ele pode ser útil para melhorar a produtividade e o desempenho, aumentar a satisfação dos funcionários, aumentar a motivação, promover uma melhor liderança, compreender a tomada de decisões e facilitar uma melhor colaboração entre as equipes.

Como uma disciplina acadêmica, o CO é estudado em muitos programas de administração de empresas. Além disso, o CO também é pesquisado e aplicado por várias funções de negócios, como consultores ou especialistas em gestão organizacional.

Objetivos do comportamento organizacional

O que é comportamento organizacional (CO)? Veja tudo sobre! - Foto: IBC MAS
O que é comportamento organizacional (CO)? Veja tudo sobre! – Foto: IBC MAS

As organizações nas quais as pessoas trabalham afetam os seus pensamentos, sentimentos e ações. Esses pensamentos, sentimentos e ações, por sua vez, afetam a própria organização.

Dessa forma, o CO estuda os mecanismos que regem essas interações, buscando identificar e fomentar comportamentos conducentes à sobrevivência e eficácia da organização. Assim, os principais objetivos do CO são:

  1. Ter satisfação no Trabalho;
  2. Encontrar as pessoas certas;
  3. Ter uma cultura organizacional;
  4. Encontrar uma liderança e resolução de conflitos;
  5. Compreender melhor os funcionários;
  6. Entender como desenvolver bons líderes;
  7. Desenvolver uma boa equipe;
  8. Ter uma maior produtividade.

Esses 8 objetivos do comportamento organizacional mostram que o CO se preocupa com as pessoas dentro da organização, como elas estão interagindo, qual é o nível de sua satisfação, o nível de motivação e encontra maneiras de melhorá-lo de forma a gerar mais produtividade.

Tipos de modelos de comportamento organizacional

O que é comportamento organizacional (CO)? Veja tudo sobre! - Foto: AP MAS
O que é comportamento organizacional (CO)? Veja tudo sobre! – Foto: AP MAS

O CO tem sido estudado há décadas, levando a uma série de teorias e modelos de gestão organizacional eficaz. Assim, os cinco modelos de gerenciamento a seguir constituem uma estrutura popular para pensar sobre o comportamento organizacional:

Autocrático

Este modelo pode ser útil para melhor descrever locais de trabalho históricos, particularmente aqueles durante a revolução industrial. Além disso, vale lembrar que um modelo autocrático se baseia em poder e autoridade, exige obediência do funcionário e se constrói na dependência do chefe para obter instruções. Por fim, os empregos dentro do modelo autocrático podem fornecer não mais do que um cheque de pagamento para seus funcionários.

Custodial

Um modelo de custódia é construído para fornecer uma sensação de segurança e cuidado da organização aos funcionários, por exemplo, fornecendo um forte pacote de benefícios. Dessa forma, o objetivo com o modelo de custódia é fornecer incentivos e recursos econômicos que irão construir a lealdade para com a organização.

Apoio

Um modelo de apoio é construído sobre a liderança que motiva e inspira os trabalhadores. Ao contrário do modelo autocrático, ele pressupõe que os funcionários sejam auto motivados. Portanto, a função de um gerente é ajudar a promover essa motivação, apoiando os talentos, interesses e metas do funcionário. Isso é construído com a compreensão de que, com o suporte certo, os funcionários tomarão a iniciativa e aumentarão o desempenho por conta própria.

Colegiado 

Ao contrário dos dois primeiros modelos, o modelo colegial reconhece que os fatores sociais são um fator chave na satisfação do funcionário. Assim, este modelo é construído com base na ideia de colegas trabalhando juntos como uma equipe e promovendo um senso de parceria. Além disso, vale lembrar que o poder dentro da organização é compartilhado até certo ponto e pode apresentar uma hierarquia bem achatada sem direção direta de cima para baixo.

Sistema

Este é o mais novo modelo de CO, construído sobre a promoção da paixão e do compromisso com os objetivos da organização. Assim, a ideia é que, ao dar aos funcionários um alto nível de significado no trabalho, eles alcançarão uma maior satisfação e desempenho. Além disso, este sistema espera que os gerentes mostrem compaixão e cuidado com os seus subordinados diretos e trabalhem para estabelecer uma cultura de local de trabalho positiva.

O que influencia o comportamento organizacional?

O que é comportamento organizacional (CO)? Veja tudo sobre! – Foto: P RH MAS

Existem centenas de fatores que podem influenciar o CO. Por exemplo, um dos primeiros estudos dele foi projetado para investigar como a iluminação afeta a produtividade (no processo, os pesquisadores descobriram que os trabalhadores respondiam mais a fatores sociais do que ambientais).

Dito isso, os fatores influentes geralmente podem ser resumidos a alguns grupos principais:

  • Social: estilos de liderança, personalidades de colegas de trabalho, dinâmica de grupo, relacionamentos e etc;
  • Ambiente: Iluminação, estética, configuração de escritório / mesa e etc;
  • Estrutura: Hierarquia de funcionários, estrutura organizacional de departamentos em unidades de negócios e etc;
  • Ferramentas: acesso a informações, ferramentas e tecnologia;
  • Processos: gerenciamento de fluxo de trabalho, estruturas de relatórios, estilos de gerenciamento de projetos e etc.

Perguntas Frequentes

O que é o comportamento organizacional?

O comportamento organizacional (CO) é o estudo de como as pessoas se comportam em ambientes organizacionais. Assim, os seus princípios se aplicam com o objetivo de fazer com que as organizações e as pessoas nelas trabalhem em conjunto de forma mais eficaz.

Qual a origem do CO?

A origem do CO pode ter as suas raízes em Max Weber e em estudos organizacionais anteriores. A Revolução Industrial é o período de aproximadamente 1760 quando as novas tecnologias resultaram na adoção de novas técnicas de fabricação, incluindo o aumento da mecanização. Assim, a revolução industrial levou a mudanças sociais e culturais significativas, incluindo novas formas de organização. Analisando essas novas formas organizacionais, o sociólogo Max Weber descreveu a burocracia como um tipo ideal de organização que se apoiava em princípios racionais legais e maximizava a eficiência técnica.

Qual a importância do CO?

Os princípios do CO eficaz podem se aplicar a muitos aspectos do local de trabalho. Dessa forma, ele pode ser útil para melhorar a produtividade e o desempenho, aumentar a satisfação dos funcionários, aumentar a motivação, promover uma melhor liderança, compreender a tomada de decisões e facilitar uma melhor colaboração entre as equipes.

Por outro lado, como uma disciplina acadêmica, o CO é estudado em muitos programas de administração de empresas. Além disso, o CO também é pesquisado e aplicado por várias funções de negócios, como consultores ou especialistas em gestão organizacional.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *