Tipos de estrutura organizacional: veja quais são e o que é!

Por | Administrativo, Geral, Secretariado

Não é novidade para ninguém que uma empresa desorganizada não irá funcionar corretamente. Assim, entender o que é uma estrutura organizacional e aplicar o tipo ideal para uma determinada empresa é bem importante. Portanto, pensando nisso, hoje separamos os principais tipos de estrutura organizacional. Mas antes vamos entender um pouco melhor esse “conceito”.

Veja também como fazer um projeto!

Pense em uma empresa com muitos funcionários. Assim, como qualquer empresa, ela precisa de divisões, cuidados, manutenção e claro, organização. Dessa forma, os seus funcionários terão o melhor desempenho possível. Além disso, para que tudo ocorra da melhor forma possível, é necessário que essa empresa tenha um líder. Este vai determinar quem e quais pessoas serão responsáveis por determinadas tarefas. Portanto, se todos trabalharem juntos, executando tarefas e trabalhos diferentes, há uma grande possibilidade de que essa empresa se torne um verdadeiro exemplo de sucesso no mercado.

O que é a Estrutura Organizacional?

Tipos de estrutura organizacional: veja quais são e o que é! - Foto: BC MAS
Tipos de estrutura organizacional: veja quais são e o que é! – Foto: BC MAS

A estrutura organizacional, como o seu próprio nome sugere, é a forma como uma empresa se estrutura. Portanto, isso inclui setores, processos, comunicação, hierarquia e etc.

Dessa forma, podemos dizer que ela não é apenas uma definição de departamentos e hierarquias, mas uma combinação dessas decisões que impactam na rotina da empresa, em diferentes aspectos. Isso significa que existem vários tipos de estruturas organizacionais, afinal, empresas e gestores se diferem entre si e têm necessidades e expectativas variadas.

Apesar de conhecermos com mais clareza as estruturas formais, representadas, por exemplo, por um organograma, existem outras estruturas que podem atender às relações interpessoais e as alterações sofridas no âmbito do trabalho nos últimos anos.

Além disso, vale lembrar que a estrutura organizacional é uma ferramenta fundamental para avaliar as conexões e permitir que todos caminhem em direção a um objetivo único e compartilhado.

Quais são os tipos de estrutura organizacional?

Tipos de estrutura organizacional: veja quais são e o que é! - Foto: BC MAS
Tipos de estrutura organizacional: veja quais são e o que é! – Foto: BC MAS

Existem 7 tipos de estruturas organizacionais. Dessa forma, entender como elas funcionam e quais são seus benefícios e desvantagens pode ajudá-lo a tomar uma decisão bem mais informada sobre quais implementar em seu local de trabalho. Os 7 tipos são:

1. Estrutura funcional

Tipos de estrutura organizacional: veja quais são e o que é! – Foto: BC MAS

Em uma estrutura funcional, as organizações são divididas em grupos especializados com funções e deveres específicos. Além disso, ela também é conhecida como EO burocrática e é mais encontrada em pequenas e médias empresas. A maioria das pessoas na força de trabalho tem experiência em trabalhar nesse tipo de estrutura organizacional. Por exemplo, muitas empresas dividem a sua organização em vários departamentos, como finanças, marketing e recursos humanos. Dessa forma, cada um desses departamentos tem um gerente que os supervisiona. Por fim, vale lembrar que esse gerente é então supervisionado por um administrador ou executivo que supervisiona vários departamentos.

Aqui estão algumas vantagens desta estrutura:

  • Os funcionários são agrupados por habilidade;
  • Um maior senso de trabalho em equipe.

Aqui estão algumas desvantagens dessa estrutura:

  • Falta de comunicação com outros departamentos;
  • Competição pouco saudável;
  • Problemas de gestão.

2. Estrutura linear

O que é estrutura organizacional? Veja tudo o que você precisa saber sobre! - Foto: LC MAS
Tipos de estrutura organizacional: veja quais são e o que é! – Foto: BC MAS

A estrutura organizacional de forma piramidal mencionada acima é conhecida como EO linear ou hierárquica. Cada funcionário deverá ter um supervisor. Dessa forma, há um foco maior na centralização do poder e uma ênfase em hierarquias bem estruturadas. Por causa das hierarquias bem estruturadas, o organograma acaba tendo um formato mais vertical, por isso essa estrutura também é conhecida como EO vertical.

A maioria das organizações agrupam seus departamentos por função, como marketing, RH, vendas etc, o que tornaria esta estrutura em uma estrutura funcional. No entanto, também é possível organizá-los por produto para empresas maiores, ou por localização física para empresas internacionais.

Aqui estão algumas vantagens desta estrutura:

  • Define melhor os níveis de autoridade e responsabilidade;
  • Mostra o supervisor de cada pessoa ou com quem falar sobre projetos específicos;
  • Motiva os funcionários ao mostrar caminhos claros de carreira e chances de promoção;
  • Proporciona uma especialização para cada funcionário;
  • Cria um companheirismo entre funcionários dentro da mesma área.

Aqui estão algumas desvantagens dessa estrutura:

  • Pode desacelerar a inovação ou mudanças importantes devido ao aumento da burocracia;
  • Também pode fazer com que os funcionários ajam no interesse do departamento em vez da empresa como um todo;
  • Pode fazer com que funcionários encontrados na parte inferior do organograma se sintam mais desvalorizados.

3. Estrutura divisional

Tipos de estrutura organizacional: veja quais são e o que é! – Foto: BC MAS

Em uma estrutura de divisão, várias equipes trabalham lado a lado em direção a um único objetivo comum. Dessa forma, cada uma dessas divisões tem o seu próprio executivo que administra o funcionamento da agência, controla seus orçamentos e aloca seus recursos. Além disso, vale lembrar que as grandes empresas empregam esse tipo de estrutura. Um exemplo da estrutura de divisão é uma empresa de automóveis que separa sua empresa por ramos de veículos SUV, elétricos ou sedan. Embora cada filial tenha a sua própria função, todas trabalham com o mesmo objetivo de fazer uma venda. Por fim, isso também é conhecido como estrutura multi-divisional.

Aqui estão algumas vantagens desta estrutura:

  • Concentre-se em um único bem ou serviço;
  • Liderança bem mais centralizada.

Aqui estão algumas desvantagens dessa estrutura:

  • Má integração com outras divisões;
  • Competição entre as divisões;
  • Falta de comunicação entre as divisões;
  • Possíveis implicações fiscais.

4. Estrutura horizontal

Tipos de estrutura organizacional: veja quais são e o que é! – Foto: BC MAS

A estrutura horizontal é mais bem adequada para empresas com poucos níveis entre a diretoria e os funcionários. Dessa forma, muitas empresas usam ela antes de crescerem e implementarem diferentes áreas, no entanto, algumas organizações maiores mantêm essa estrutura pois ela incentiva uma menor supervisão e um maior envolvimento de todos os funcionários. Por fim, vale lembrar que feralmente há menos especialização do que na estrutura funcional, e os funcionários costumam ter responsabilidades bem mais abrangentes.

Aqui estão algumas vantagens desta estrutura:

  • Oferece aos funcionários uma maior responsabilidade;
  • Fomenta uma comunicação bem mais aberta;
  • Melhora a organização e velocidade de implementação de novas ideias.

Aqui estão algumas desvantagens dessa estrutura:

  • Pode criar confusão pois os funcionários não têm um supervisor designado;
  • Também pode desenvolver funcionários com habilidades e conhecimentos mais generalizados;
  • Pode ser difícil de manter conforme a empresa cresce além do nível.

5. Flatarquia

Tipos de estrutura organizacional: veja quais são e o que é! – Foto: BC MAS

Em uma flatarquia, há pouco ou nenhum nível de gerenciamento. Dessa forma, uma empresa que usa essa estrutura pode ter apenas um gerente entre seu executivo e todos os outros funcionários. Além disso, é chamado de flatarquia porque é um híbrido de hierarquia e organização plana. Esse tipo de EO é mais utilizado por empresas menores por terem menos funcionários, embora possa ser utilizado em empresas de todos os portes. Enquanto algumas empresas crescem a partir dessa EO, outras continuam a usá-la.

Aqui estão algumas vantagens desta estrutura:

  • Custo benefício;
  • Promove uma boa comunicação;
  • Moral do funcionário mais alto;
  • Tomada de decisão mais rápida.

Aqui estão algumas desvantagens dessa estrutura:

  • Potencial conflito de funcionários;
  • Confusão de liderança.

6. Estrutura matricial

Tipos de estrutura organizacional: veja quais são e o que é! – Foto: BC MAS

O nome desta EO descreve sua função. Uma estrutura matricial parece uma matriz ou uma tabela, e mostra equipes que se formam para trabalhar em projetos especiais. Por exemplo, um engenheiro que normalmente pertence ao departamento de engenharia (liderado por um diretor de engenharia) pode trabalhar em um projeto temporário (liderado por um gerente de projetos). Sendo assim, esse engenheiro teria dois chefes ao mesmo tempo, o de seu departamento e o do projeto atual. Por fim, vale lembrar que a estrutura organizacional matricial representa ambas as posições e hierarquias.

Aqui estão algumas vantagens desta estrutura:

  • Permite aos supervisores montar suas equipes com facilidade, conforme a necessidade de cada projeto;
  • Oferece uma visão mais dinâmica da organização;
  • Incentiva funcionários a usar suas habilidades de diversas formas, além de suas funções originais.

Aqui estão algumas desvantagens dessa estrutura:

  • Possível conflito entre gerentes de departamento e gerentes de projetos;
  • Pode mudar com mais frequência em comparação a outros tipos de estruturas.

7. Estrutura circular

Tipos de estrutura organizacional: veja quais são e o que é! – Foto: BC MAS

A estrutura circular também é conhecida como estrutura radial. Assim, em si ela é idêntica às estruturas linear e funcional, mas representado num organograma de forma circular. Além disso, a posição mais alta da empresa é representada no centro do círculo e as posições mais baixas ficam nas bordas do círculo.

Por ser diferente do normal, muita gente acha esse tipo de organograma interessante quando eles veem um modelo de organograma circular pela primeira vez. No entanto, esta é a maneira menos eficaz de se representar um organograma empresarial.

Aqui estão algumas vantagens desta estrutura:

  • Inicialmente, chama a atenção por ser representado num diagrama de forma tão diferente do normal.

Aqui estão algumas desvantagens dessa estrutura:

  • Frequentemente falta espaço para representar todos os departamentos ou funcionários;
  • Diferenças em número de funcionários em cada departamento não se adequam bem à simetria do formato circular;
  • O formato radial dificulta entender a hierarquia e organização da empresa;
  • Costuma não ter espaço suficiente para incluir informações adicionais sobre cada funcionário.

FAQ

O que é uma estrutura organizacional?

A estrutura organizacional, como o seu próprio nome sugere, é a forma como uma empresa se estrutura. Portanto, isso inclui setores, processos, comunicação, hierarquia e etc.

Dessa forma, podemos dizer que ela não é apenas uma definição de departamentos e hierarquias, mas uma combinação dessas decisões que impactam na rotina da empresa, em diferentes aspectos. Isso significa que existem vários tipos de estruturas organizacionais, afinal, empresas e gestores se diferem entre si e têm necessidades e expectativas variadas.

Quais são os tipos?

Existem 7 tipos. Assim, eles são: Funcional, Linear, Divisional, Horizontal, Flatarquia, Matricial e Circular.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *