O que é banco de dados? Veja do que se trata!

Por | Administrativo, Secretariado

De forma resumida, podemos dizer que dados são informações e, para organizá-los, você precisa de um banco de dados. Portanto, neste artigo vamos falar sobre o que é um banco de dados. Dessa forma, ajudaremos você a entender a sua definição e os diferentes tipos. Portanto, continue lendo para entender tudo sobre!

Veja também tudo o que você precisa saber sobre as normas da ABNT para margem!

O que são dados?

O que é banco de dados? Veja do que se trata! - Foto: NT MAS
Veja do que se trata! – Foto: NT MAS

Os dados são uma coleção de uma unidade distinta de informações. Dessa forma, esses “dados” são úteis ​​em uma variedade de formas de texto, números, mídia e muito mais. Mas falando em termos de computação, os dados são basicamente informações que podem ser traduzidas em uma forma particular para movimentação e processamento eficientes.

Exemplo: nome, idade, peso, altura e etc.

Agora, vamos passar para o próximo tópico e entender o que é um banco de dados.

O que é um banco de dados?

O que é banco de dados? Veja do que se trata! - Foto: KA MAS
Veja do que se trata! – Foto: KA MAS

O banco de dados é uma coleção organizada de dados estruturados para torná-lo facilmente acessível, gerenciável e atualizado. Em palavras simples, você pode dizer que ele se trata do local onde os dados ficam. A melhor analogia é a biblioteca. Dessa forma, a biblioteca contém uma enorme coleção de livros de diferentes gêneros, aqui a biblioteca é o banco de dados e os livros são os dados.

Em termos leigos, considere o registro da sua escola. Todos os dados dos alunos ficam em um único arquivo. Você obtém os detalhes sobre os alunos neste arquivo. Isso recebe o nome de banco de dados onde você pode acessar as informações de qualquer aluno.

Fatos sobre o banco de dados

  • Os bancos de dados evoluíram dramaticamente desde seu início no início dos anos 1960;
  • Alguns bancos de dados de navegação, como o banco de dados hierárquico e o banco de dados de rede, foram os sistemas originais usados ​​para armazenar e manipular dados. Embora esses sistemas iniciais fossem realmente inflexíveis;
  • No início da década de 1980, os bancos de dados relacionais se tornaram muito populares, seguidos por bancos de dados orientados a objetos mais tarde;
  • Mais recentemente, os bancos de dados NoSQL surgiram como uma resposta ao crescimento da Internet e à necessidade de maior velocidade e processamento de dados não estruturados.
  • Hoje, temos bancos de dados em nuvem   bancos de dados pessoais que estão criando um novo terreno quando se trata de como os dados são coletados, armazenados, gerenciados e utilizados.

Nota: os dados são intercambiáveis.

Quais os principais tipos de banco de dados?

O que é banco de dados? Veja do que se trata! - Foto: TI MAS
Veja do que se trata! – Foto: TI MAS

Em muitos casos, as pessoas descobrem que precisam de diferentes tipos de bancos de dados para diferentes tarefas. Você também notará alguma sobreposição nos diferentes tipos de bancos de dados. Aprendendo mais sobre os diferentes tipos, você pode tomar uma decisão melhor sobre os tipos de bancos de dados de que precisa. Abaixo estão alguns tipos comuns de bancos de dados que você pode encontrar durante sua vida pessoal ou em seus negócios:

Centralizado

Veja do que se trata! – Foto: IT MAS

Um banco de dados centralizado é aquele que opera inteiramente em um único local. Dessa forma, bancos de dados centralizados são normalmente úteis em organizações maiores, como uma empresa ou universidade. O próprio banco de dados está localizado em um PC central ou sistema de banco de dados. Os usuários podem acessar ele por meio de uma rede de PCs, mas é o PC central que executa e mantém o banco de dados.

Em nuvem

O que é banco de dados? Veja do que se trata! - Foto: AT MAS
Veja do que se trata! – Foto: AT MAS

Um banco de dados em nuvem é executado na Internet. Os dados são armazenados em um HD local ou servidor, mas as informações estão disponíveis online. Isso torna mais fácil acessar seus arquivos de qualquer lugar, desde que você tenha uma conexão com a Internet. Assim, para usar um banco de dados em nuvem, os usuários podem construir um por conta própria ou pagar por um serviço para armazenar seus dados para eles. A criptografia é uma parte essencial de qualquer banco de dados em nuvem, pois todas as informações precisam receber proteção ao serem transmitidas online.

Comercial

O que é banco de dados? Veja do que se trata! - Foto: IT MAS
Veja do que se trata! – Foto: IT MAS

Um banco de dados comercial é qualquer um desenvolvido por uma empresa comercial. As empresas desenvolvem bancos de dados ricos em recursos, que depois vendem aos clientes. Dessa forma, os bancos de dados comerciais podem variar em termos de composição ou tecnologia que usam. A característica que define os bancos de dados comerciais é que os usuários paguem para usá-los, ao contrário dos bancos de dados de código aberto.

Distribuído

O que é banco de dados? Veja do que se trata! - Foto: AT MAS
Veja do que se trata! – Foto: AT MAS

Um banco de dados distribuído é aquele que está espalhado por vários dispositivos. Em vez de ter todas as informações armazenadas em um único dispositivo, como outros bancos de dados nesta lista, os bancos de dados distribuídos operarão em várias máquinas, como diferentes PCs no mesmo local ou em uma rede. Por fim, vale lembrar que os benefícios do ‘BD’ distribuído incluem maior velocidade, melhor confiabilidade e facilidade de expansão.

Usuário final

O que é banco de dados? Veja do que se trata! - Foto: CL MAS
Veja do que se trata! – Foto: CL MAS

Usuário final é um termo usado no desenvolvimento de produto que se refere à pessoa que usa o produto. Um banco de dados de usuário final é, portanto, um ‘BD’ usado principalmente por uma única pessoa. Dessa forma, um bom exemplo desse tipo de banco de dados é uma planilha armazenada em seu PC local.

Gráfico

Veja do que se trata! – Foto: VH MAS

Bancos de dados gráficos são bancos de dados que se concentram igualmente nos dados e nas conexões entre eles. Neste banco de dados, os dados não estão restritos a modelos predefinidos. A maioria dos outros bancos de dados pode encontrar conexões entre dados quando você executa uma pesquisa. Com um ‘BD’ gráfico, essas conexões ficam dentro do banco de dados ao lado dos dados originais. Isso torna o ‘BD’ mais eficiente e rápido quando seu objetivo principal é gerenciar as conexões entre seus dados.

NoSQL

Veja do que se trata! – Foto: CD MAS

Existem essencialmente dois tipos principais de bancos de dados, NoSQL e Relacional, com todos os outros sendo versões diferentes destes. Um banco de dados NoSQL tem uma hierarquia bem semelhante a um sistema de pasta de arquivos e os dados dentro dele não são estruturados. Essa falta de estrutura permite que eles processem grandes quantidades de dados com velocidade e torna mais fácil expandir no futuro. Por fim, vale lembrar que a computação em nuvem usa regularmente bancos de dados NoSQL.

Orientado a objetos

Veja do que se trata! – Foto: AO MAS

Bancos de dados orientados a objetos são aqueles em que os dados são representados como objetos e classes. Um objeto é um item do mundo real, como um nome ou número de telefone, enquanto uma classe é um grupo de objetos. Os bancos de dados orientados a objetos são um tipo de ‘BD’ relacional. Portanto, considere o uso de um banco de dados orientado a objetos quando houver uma grande quantidade de dados complexos que deseja processar de forma rápida.

Código aberto

Veja do que se trata! – Foto: RNP MAS

Um banco de dados de código aberto é feito para o público usar de forma gratuita. Ao contrário dos bancos de dados comerciais, os usuários podem baixar ou inscrever-se em bancos de dados de código aberto sem pagar uma taxa. O termo “código aberto” se refere a um programa no qual os usuários podem ver como ele é feito e fazer suas próprias alterações no programa. Os bancos de dados de código aberto são normalmente muito mais baratos do que os bancos de dados comerciais, mas também podem não ter alguns dos recursos mais avançados encontrados nos bancos de dados comerciais.

Operacional

Veja do que se trata! – Foto: RNP MAS

O objetivo de um banco de dados operacional é permitir que os usuários modifiquem os dados em tempo real. Os bancos de dados operacionais são essenciais na análise de negócios e armazenamento de dados. Eles podem ser configurados como bancos de dados relacionais ou NoSQL, dependendo das necessidades. Os bancos de dados convencionais contam com processamento em lote, onde os comandos são executados em grupos. As bases de dados operacionais, por outro lado, permitem adicionar, editar e remover dados a qualquer momento, em tempo real.

Pessoal

Veja do que se trata! – Foto: DP MAS

Um banco de dados pessoal é aquele projetado para uma única pessoa. Normalmente é armazenado em um PC pessoal e possui um design muito simples, consistindo em apenas algumas tabelas. Os bancos de dados pessoais normalmente não são adequados para operações complexas, grandes quantidades de dados ou operações de negócios.

Relacional

Veja do que se trata! – Foto: IT MAS

Os bancos de dados relacionais são o outro tipo principal de banco de dados, oposto ao NoSQL. Com um banco de dados relacional, as informações ficam na forma estruturada e sobre outros dados. Uma boa representação de um banco de dados relacional seria uma pessoa que faz compras online e seu carrinho de compras. Os bancos de dados relacionais geralmente são preferidos quando você está preocupado com a integridade de seus dados ou quando não está particularmente focado na escalabilidade.

FAQ

O que são dados?

Os dados são uma coleção de uma unidade distinta de informações. Dessa forma, esses “dados” são úteis ​​em uma variedade de formas de texto, números, mídia e muito mais. Mas falando em termos de computação, os dados são basicamente informações que podem ser traduzidas em uma forma particular para movimentação e processamento eficientes.

O que é um banco de dados?

O banco de dados é uma coleção organizada de dados estruturados para torná-lo facilmente acessível, gerenciável e atualizado. Em palavras simples, você pode dizer que um banco de dados é o local onde os dados ficam. A melhor analogia é a biblioteca. Dessa forma, a biblioteca contém uma enorme coleção de livros de diferentes gêneros, aqui a biblioteca é o banco de dados e os livros são os dados.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *